Day #03 | NOS Alive ’15

Rapidamente chegámos a sábado, ao último dia, devido à intensidade que é vivido o NOS Alive. O cansaço é cada vez maior, mas os nomes fortes da última noite são muitos, e mais uma vez os caminhos vão todos dar a Algés.

Neste terceiro dia de festival, Sam Smith provou porque mereceu passar do palco secundário para o principal. O público era muito, e entusiasmado para ouvir o jovem e multipremiado músico inglês. É um cantor de se tirar o chapéu, e ele sabe do dom que tem na voz, brincando com ela sem medos. Apoiado por um coro soul, cantou muito bem, interagiu bastante com o público, contando as histórias que deram origens aos seus temas. Ainda fez-se acompanhar por uma banda que foi criando um sólido alinhamento pop, soul e até funky/disco. As canções do seu único álbum, “In The Lonely Hour”, sucederam-se e o cantor mostrou ter ultrapassado o problema de saúde que o afetou recentemente (operação às cordas vocais). Houve ainda tempo par uma versão de Amy Winehouse, “Tears Dry on Their Own“, com mashup de “Ain’t No Mountain High Enough“. O público, por sua vez, respondia ao cantar as suas músicas todas. No final ainda houve uma versão acústica de “Latch” (tema que canta com Disclosure).

NOSAlive2015 xlii

O australiano Chet Faker (como era de esperar) foi o “one man show” que voltou a Portugal (depois de esgotar os dois espetáculos do passado fim de semana no Coliseu de Lisboa). Apesar disso, o cantor modificou o concerto do coliseu para o festival. Depois do sucesso que foi o último Alive para o cantor, a plateia compôs-se rapidamente para o receber novamente no nosso país. Começou com um ritmo muito eletrónico, segundo depois para o seu reportório. A substituição à última da hora foi inteligente, mas o artista e a sua sonoridade não se encaixam (ainda) no palco principal.

NOSAlive2015 xlvi

No palco Heineken, a nova-iorquina Azealia Banks entrou aos gritos, e desde o primeiro segundo começou a fazer a festa. Para ajudar, ainda usou, entre o microfone e a boca, um megafone, para que todos percebessem as palavras simples: “I Wanna Be Free!”. Um espetáculo minimalista, onde a cantora traz um DJ, e por vezes a entrada rápida de dois bailarinos, faz com que não deixe de se ter foco na sua performance. Apresentou o álbum de estreia “Broke With Expensive Taste”, e mostrou ser um verdadeiro animal de palco. A tenda abarrotava e não parou de dançar um segundo.

NOSAlive2015 xlvii

A dupla inglesa Disclosure, voltou a Portugal, e apresentou um espetáculo impressionante. O palco, já de si enorme, foi completamente ocupado por uma tela de alta definição onde iam sendo projetadas imagens, cores, efeitos e luzes. Arrancam com “White Noise” e logo se percebeu que o espetáculo ia ser comandado pelos irmãos, e não em modo piloto automático. Como era de esperar, o efeito visual e frenético foram uma constante no concerto. Trouxeram uma super produção como não se viu em nenhum outro dia do NOS Alive. Musicalmente, os Lawrence foram competentes, não se prenderam aos teclados, tocaram percussão e guitarra e ainda cantaram. Conseguiram por toda a gente a dançar.

NOSAlive2015 lii

No último dia os destaques vão ainda para os portugueses HMB, que abriram as hostilidades do palco principal. Seguidos da estreia dos californianos Counting Crows, que trouxeram os seus 24 anos de carreira. O regresso da dupla de sucesso portuguesa Dead Combo (Tó Trips e Pedro Gonçalves) que garantiram casa cheia no palco Heineken. Os Mogwai que descarregaram os seus 20 anos de experiência no seu estilo rock instrumental. Por fim, os Chromeo que fecharam o palco Heineken com a sua eletrizante batida, sonoridade e simpatia.

Nos três dias desta edição do NOS Alive passaram pelo recinto 155 mil pessoas. Para o ano já há novas datas anunciadas (de 7 a 9 de julho) e os bilhetes já estão à venda. Lá estarei.

Anúncios

One thought on “Day #03 | NOS Alive ’15

Add yours

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: