11 Dicas Para Vencer Uma Boa Estratégia de Marketing no Black Friday

O dia chegou! Além de andar tudo louco com os descontos e promoções exclusivas, um facto é que uma marca que não se associe a este dia, está um pouco ultrapassada. Mas não se pense que o Black Friday, ou os Black Days, não têm que ter ser pensados, organizados e esquematizados com algum tempo, pois já vai o tempo onde esta estratégia poderia ser pensada com três dias de antecedência. Nesta última sexta-feira de Novembro, altura em que uma onda de promoções chega para aquecer as vendas no fim de ano, é preciso estabelecer prioridades.

Muito se lê e fala sobre as melhores práticas para uma marca atingir o sucesso neste dia. Depois de já ter trabalhado algumas campanhas com este posicionamento, e ter lido alguns cases internacionais, acho que há algumas coisas que as marcas devem ter em conta neste dia. Além disso, Christophe Matos, Regional Director da Kwanko, uma parceiro no dia-a-dia enumerou para a Marketeer as 10 regras básicas para as marcas sobreviverem e vencerem na Black Friday. Seguindo o seu raciocínio junto as minhas boas práticas com as dele, quase como num dia-a-dia normal de trabalho.

Comece cedo …
Antes era engraçado ter comunicação em cima do momento deste dia, e o factor surpresa era decisivo para as vendas. Um facto é que hoje em dia todas as marcas têm Black Friday, e comunicar em cima, pode-se correr o risco de as pessoas que têm compras organizadas, esqueçam aquelas que não foram impactadas antes. Assim, deve-se actuar cedo e de forma eficiente para criar o estímulo. É bom também ter em conta, para que tem comercio online, que a Black Friday é o dia do ano onde mais utilizadores se estreiam nas compras online. Todos os detalhes contam para criar um “momento da verdade” que resulte numa experiência positiva e potencialmente repetida.

Uma Estratégia Global
Os anunciantes nacionais têm seguido a tendência internacional de apostar cada vez mais na Black Friday sendo que o impacto nas vendas anuais já justifica claramente uma estratégia decidida. Um exemplo são as lojas do Centro Comercial Colombo, que batem records nacionais e internacionais neste dia. É preciso ter um pensamento global, pois a Black Friday faz um push pela marca, tanto em vendas com promoção e sem promoção. É importante estar preparado, porque os resultados são muito mais altos que se pensa … Não se esqueçam de contabilizar a canibalização de vendas sem descontos e a quebra nas margens finais.

Integração e a mesma Experiência Multi-plataformas
Num altura que se fala em online, online e mais online, é importante não esquecer que o cliente é apenas um. Ele pode ter app, ir ao site, e ainda à loja, etc., então é importante estar tudo integrado e o mesmo sentir que a experiência com a marca é a mesma. Em termos de comunicação é importante que a mensagem que esteja no site, nas redes sociais e/ou televisão seja a mesma e completamente coerente. Uma má experiência com a compra online pode deitar por água todo o serviço que é feito na loja física.

Aumentar a sua Base de dados, antes, durante e depois…
O email Marketing Interno é, depois das buscas orgânicas da marca, o maior canal de vendas das lojas online. Mas é mais que isso, devemos pensar em captar registos pois é uma das melhores fontes de prospecção e torna-se no maior activo do anunciante. A Black Friday é o incentivo perfeito para convidar prospects a registar-se e assim baixar a taxa de esforço e custos da captação. Claro que uma vez registados, a marca ganha um suporte interno de comunicação que lhe vai permitir activação e automation, converter leads em clientes novos e antigos.

SEO // Potenciar a presença orgânica nos motores de busca
A Black Friday tem mesmo que ser antecipado e pensada de forma estratégica para ser potenciado nos motores de busca. As marcas têm que desenvolver conteúdos à medida para criar histórico e ganhar presença orgânica no principal motor de busca do mercado, isto não é novidade, sabemos que é assim, mas é preciso mesmo pensar assim! Os anunciantes têm que ser pragmáticos na qualidade dos conteúdos para ambicionar a respectiva partilha por parte dos utilizadores e assim potenciar de forma espontânea a sua presença orgânica. O SEO exige uma organização e antecipação que, em maior parte dos casos, não é cuidada e que condena as marcas a ter que investir em demasia em buscas pagas durante este evento, que por sua vez é muito curto.

PPC // Adwords, Social Media Ads, Email Marketing … e Retargeting
Quando não há tempo para afinar a presença orgânica o melhor é investir numa estratégia PPC para ganhar presença e aproveitar a onda de buscas. Mais uma vez, nem todas as empresas têm a capacidade financeira para acompanhar o ritmo das principais buscas mas há formas simples e eficazes de apostar em buscas segmentadas que garantem um ROI positivo. A principal best practice dos retailers é mesmo a compra de tráfego estratégico, especialmente com envios de email Marketing em base de dados externas com autorização para comunicação de terceiros, pois não se esqueçam. este é o principal canal de resposta directa, e mais nenhum canal terá tanto impacto imediato nos dashboards dos anunciantes. Durante a Black Friday, as visitas dos sites de e-commerce podem triplicar, e a taxa de conversão acaba por baixar (aquilo que todos sonhamos). Não esquecer que é essencial ter uma estratégia de retargeting pensada (especialmente no Facebook) que permita optimizar todo esse tráfego e aumentar o retorno de todas as iniciativas de Marketing Online e Offline.

Custom Audience! Dê prioridade aos seus clientes
Apesar de trabalhar na área, há depois a parte que sou cliente. O pior que posso sentir é darem mais descontos e melhores condições a novos cliente, e os antigos não se sentirem fidelizados ou recompensados. As lojas online têm que focar-se em potenciar a Recorrência, Frequência e Valor de compra dos seus clientes (RFV). O Black Friday é de facto a maior oportunidade do ano para captar novos clientes mas é também o momento perfeito para fidelizar e aumentar o valor do cliente para a marca. A fidelização já não se limita a canais internos e é por exemplo possível cruzar dados (exemplo: lista de emails encriptada) com o Facebook e definir uma estratégia personalizada que potencie os seus resultados.

Uma estratégia real de E-Merchandising
Como no offline, as lojas online tem que saber jogar com o e-merchandising para estimular o consumidor a reagir consoante os objectivos estratégicos da empresa, e sim isto funciona mesmo! Vários motivos podem justificar um destaque de produto: geração de cash, margem de lucro, disponibilidade de stock, posicionamento de marca, estímulo sazonal… O E-Merchandising é hoje o principal gancho comercial in-store, apesar de já ser muito abandonado pelas marcas, e apenas utilizado em lançamentos de e-commerce. O Black Friday é o óptimo motivo para voltar a activá-lo!

Mobile First
Não é necessário detalhar este ponto. Temos que pensar mobile, e apesar de muitas compras serem finalizadas no computador, esse comportamento tem vindo a alterar devido a muitos factores.

Presença em Publishers Estratégicos
É fundamental para as marcas apostar nos canais que canalizam compradores. Arranjar parceiros, comunicar em sites e plataformas que sabemos o seu potencial, testado e comprado noutras campanhas de comunicação. Destaque para os comparadores de preços e sites de cupões que têm um papel fundamental nessas datas.

Black Friday será em breve o Black November
Black Friday, Cyber Monday, Black Week, Black Days … o hype sazonal é demasiado tentador para as marcas para não ser prolongado. Ser o primeiro a chegar ao consumidor acaba por ser uma guerra sem fim que exige alguma estratégia e vigilância concorrencial. O time to market é chave e cabe às marcas o desafio de estimular os consumidores antes, durante e depois do evento, até porque ele está muito ligado ao consumo de Natal.

Agora que sabem a teoria, corram para as lojas e aproveitem as promoções!

Segue o Charlie na Terra do Nunca em
Facebook | Instagram | Twitter | Pinterest

Fonte 1 e 2

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: